July 22, 2014

 

INFORMAR

 

E EDUCAR

 

PARA PREVENIR!

 

 
Como classificar as queimaduras?
Minimize

As queimaduras podem ser classificadas de primeiro, segundo e terceiro grau com base na aparência dos sinais e sintomas de lesão dos tecidos. Também podem ser consideradas de espessura parcial ou de espessura total, de acordo com a destruição dos tecidos. Numa queimadura de espessura parcial não existe invasão da derme e os tecidos podem regenerar-se na espessura total, todas as camadas da pele ficam destruídas e o tecido subcutâneo, o músculo e o osso podem também ser atingidos.

 

 

 

 

 

 

 
Minimize

 
Classificação das Queimaduras
 
 
Grau da Queimadura
 
 
Camada de
Pele Afectada
 
Aparência da Lesão
 
Sintomas
 
Tempo aproximado de Cicatrização/Sequelas
 
1º Grau
 
 
 
 
 
 
 
 
 

 

 
 
 
  •  Dor que suaviza com o frio
  • Hipersensibilidade
 
 
 
 
  • Recuperação em 2 a 5 dias, com possível descamação
  • Sem sequelas
 
 
 
 
2º Grau
 
 
 
 
 
 
Epiderme e parte da Derme
 
 
 
 
2º Grau Superficial
 
 
 
  • Dor
  • Hipersensibilidade
 
  • Recuperação em 2 a 3 semanas, por conservação de elementos viáveis para a regeneração dos tecidos
  • Presença de despigmentação
 
 
2º Grau Profundo
  •  Dor maior ou menor, dependendo da superfície nervosa atingida
  • Hipersensibilidade
  • A presença de infecção pode conduzir a um 3º Grau
  • Cicatrização espontânea de forma lenta ou necessidade de enxerto em caso de aprofundamento da queimadura
  • Pode levar a retracção cicatricial e cicatrizes hipertróficas
 
3º Grau
 
 
 
 
 
Epiderme, Derme e por vezes tecido subcutâneo; ossos e músculos.
 
 
  • Indolor
  • Edema
  • Choque
  • Possibilidade de porta de entrada e de saída na queimadura eléctrica
 
  •  Recuperação com tratamento cirúrgico obrigatório (desbridamento e enxerto) em tempo variável
  • Possível retracção e perda da forma e função da pele
  • Possível perda de extremidades (dedo, mão, pé)