September 18, 2014

 

INFORMAR

 

E EDUCAR

 

PARA PREVENIR!

 

 
Agentes causais da queimadura
Minimize

 

Existem vários agentes causais para as queimaduras que se incluem em quatro grupos principais:
  • Queimaduras térmicas: são as mais frequentes e que resultam da transferência de energia de uma fonte de calor para o organismo. Podem ser provocadas por calor seco ou húmido (água quente, vapor de água, fogo,…).
  • Queimaduras eléctricas: podem ser causadas por “flash” eléctrico ou pela passagem directa de corrente eléctrica através do corpo. O flash eléctrico produz queimaduras idênticas às térmicas. A passagem directa de corrente eléctrica pelo corpo provoca destruição tecidular interna. A lesão visível não reflecte os danos que os tecidos subjacentes sofreram com a condução eléctrica. Habitualmente este tipo de lesão apresenta uma porta de entrada (local de contacto com a corrente eléctrica) e uma porta de saída (local de saída de corrente após uma trajectória pelo corpo). A sua gravidade depende do tipo de corrente, da quantidade de corrente, da duração do contacto e do seu trajecto.
  • Queimaduras químicas: podem ser provocadas por ácidos ( ex.   ácido clorídrico) ou bases ( exs. soda caústica, lixívia). Estes produtos quando absorvidos podem provocar lesão para além da pele, os órgãos internos. O grau de destruição dos tecidos depende da natureza do agente químico, da sua concentração e da duração de contacto com a pele.
  • Queimaduras por radiação: são causadas pela transferência de radiação para o corpo. A mais comum é a radiação solar.

Associado a estes tipos de queimadura pode existir também queimadura inalatória, classificada como uma lesão causada por calor, em que existe inalação de monóxido de carbono ou fumo (que contém outros diferentes tipos de gases).